AULAS - ENSINO FUNDAMENTAL

      PLANOS DE AULA ARTES 
1º BIMESTRE
5ª SÉRIE/6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL


CONTEÚDOS
A tridimensionalidade nas linguagens artísticas
·         Diferenciação entre o espaço bi e o tridimensional
·         O som no espaço: melodia-ritmo
·         Formas do espaço teatral e sua relação com o corpo dos atores

·         Forma tridimensional do corpo em movimento, com ênfase nos eixos vertical (altura), horizontal (lateralidade) e sagital (profundidade)

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Estabelecer diferenciações entre o espaço bi e o tridimensional
·         Reconhecer e interpretar a linguagem tridimensional em produções artísticas


·         Operar com a tridimensionalidade na criação de idéias na linguagem da Arte
  








 






   6ª SÉRIE/7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL



 1º BIMESTRE

CONTEÚDOS

O desenho e a potencialidade do registro nas linguagens artísticas

·         Desenho de observação, de memória, de imaginação; o desenho como esboço, o desenho como obras

·         Desenho de cenário; planta baixa como desenho do espaço cênico; desenho como croqui de figurino

·         Desenho coreográfico que o olho vê

·         Partituras não convencionais


·         A linha e a forma como elemento e registro nas linguagens artísticas

HABILIDADES

Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:

·         Distinguir e utilizar conceitos sobre a linguagem do desenho e suas conexões com as diferentes linguagens artísticas

·  Relacionar e interpretar as potencialidades do desenho como registro
                                         
·         Considerar o desenho como modo de pensar, perceber, observar, imaginar, projetar e expressar-se nas diferentes linguagens artísticas


DESENHO

Quando o assunto é desenho meu ponto de vista a ser trabalhado em sala de aula são as origens, o legado do homem primitivo, o surgimento do desenho na pré história, ou seja, as pinturas rupestres. Uma forma coerente depois de uma breve explicação, é trabalhar com os alunos a pratica, explorando diversos materiais: como papel bardo amassado, desenhos em pedras utilizando diferentes matérias como barro, carvão, pigmentação extraído de plantas até mesmo o guache.

  a 





7ª SÉRIE/8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

 1º BIMESTRE

CONTEÚDOS
O suporte na materialidade da arte
·         Diferenciação, na música, entre instrumentos tradicionais e instrumentos elétricos e eletrônicos; samplers, música no computador; sintetizadores
·         O corpo como suporte físico da dança; leveza; peso; flexões; ritmos; objetos cênicos
·         O corpo como suporte físico do teatro; a ação física como elemento da expressividade no palco
·         Diferenciação entre suportes tradicionais, não convencionais, imateriais; suporte flexível ou rígido; Xerox; computador; grandes formatos; corpo

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Interpretar e relacionar, na leitura de obras de arte, a diferenciação de suportes convencionais, não convencionais e imateriais usados no fazer arte
·         Manejar diferentes suportes na criação de ideais na linguagem da Arte
·         Reconhecer e utilizar o suporte como matéria de construção poética na materialidade da obra de arte


·         Distinguir suportes materiais e imateriais nas produções artísticas

O SUPORTE NAS LINGUAGENS ARTÍSTICAS 
Campo bem amplo a ser trabalhado em sala de aula seja na linguagem visual, musical ou teatral. O corpo como suporte físico pode ser trabalho diferentes pesquisas como Tatuagem, Bodyart, Carnaval, Pinturas corporais indígenas até mesmo a Maquiagem. 

No Campo da música discorra com seus alunos os diferentes suportes de armazenamentos do passado como o Gramofone, Disco de vinil, Fitas Cassettes, Walkman, CDs entre outros.. Apresente um vídeo de uma Orquestra Sinfônica para que os alunos possam estar dialogando, conhecendo melhor a trajetória da música.
Faça o download do vídeo história da música encontrado no youtube.
https://www.youtube.com/watch?v=ImqEJHsUm3I

E para finalizar apresente o DJ e a sua importância no surgimento da música eletrônica, fale um pouco da banda NEW ORDER dos anos 80 e outros artistas assim como o Hip Hop.





8ª SÉRIE/9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
1º BIMESTRE

CONTEÚDOS

De acordo com a proposta curricular em Artes para o 9º ano notei uma mera cobrança em alguns temas não convencionais, como por exemplo: Poéticas pessoais, invenção e repertório cultural.. senti que os alunos não estavam conseguindo destrinchar o conteúdo, tornando assim, as aulas desinteressantes, tendo em vista essa situação decidi criar algo mais contemporâneo e inovador ao perfil deles sendo para o 1º bimestre o tema: 

Design, Moda, Publicidade e Propaganda

Se pararmos para pensar a publicidade esta em todo lugar, assim como o profissional design responsável pela criação e o Publicitário pela sua divulgação.   





                                Apresente uma aula diferente utilizando slides, piscorra através da história o indicio dos primeiros designs e artistas, assim como nos Jornais, Revistas, Panfletos entre outros.. Apresente cultura Pop Art, bem como as Pin ups que revolucionaram o mercado artístico.



















2º BIMESTRE 

5ª SÉRIE/6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDOS
O espaço no território das linguagens artísticas
·         Escultura, assemblage, ready-made, parangolé; objeto, instalação, intervenções urbanas, site specific, land art, web art etc.
·         Cenografia e a cena contemporânea; topologia de cena
·         Linguagem das danças clássica, moderna e contemporânea
·         A mesma melodia em diferentes harmonizações; densidade e intensidade
·         A dimensão artística do espaço no decorrer dos tempos: percursos de pesquisa na História da Arte

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Reconhecer, interpretar e estabelecer diferenciações entre as linguagens artísticas tendo o espaço como foco
·         Analisar a percepção visual, a sonora, a espacial e a cinestésica na leitura e na criação de idéias na linguagem da Arte

·         Operar o pensamento analítico na distinção dos modos de utilizar o espaço nas diferentes linguagens da Arte no decorrer do tempo.

ASSEMBLAGE

Assemblage: a arte de reunir objetos diversos para contar histórias

Ensine as crianças a explorar a assemblage, técnica que proporciona a análise de materiais e desenvolve o gosto por construir e inventar tramas a respeito das criações, boa oportunidade para trabalhar com a imaginação.

Assemblage na escola com professor Julian Silva Coelho


 

Apresente aos alunos o artista brasileiro Vik Muniz, juntamente o documentário O lixo extraordinário... solicite trabalhos utilizando materiais recicláveis e monte uma assemblage trantando como temas auto retratos de personagens famosos. 









2º BIMESTRE 
6ª SÉRIE/7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDOS
A forma como elemento e registro na arte
·         A linha como um dos elementos formais da visualidade
·         O desenho e a manipulação de marionetes, teatro de animação, teatro de bonecos, mamulengo; a forma tornando visível a singularidade da personagem
·         A forma como registro: notações em dança e em música
·         A dimensão artística da forma no decorrer dos tempos

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Ler a forma e suas potenciais significações nas diversas linguagens da Arte
·         Interpretar e relacionar as potencialidades da forma como elemento básico das linguagens artísticas
·         Operar com a forma para tornar visíveis idéias nas diferentes linguagens da Arte

·         Operar com a forma na criação de notações na dança e na música


A FORMA

Neste tema podemos iniciar uma atividade de composição, onde o aluno apos fazer um embaralhado de linhas devera preencher com cores as formas dialogadas. Neste exemplo é possível conscientizar o aluno a importancia da linha para o surgimento da forma.

Um outro exemplo é o pontilhismo, onde o aluno irá trabalhar composição sem a presença da linha veja algumas imagens trabalho em sala de aula utilizando folha vegetal e canetinha.


Trabalhe com os alunos as formas encontradas na natureza faça com eles venham a explorar o imaginário.

     



A forma como elemento transformador.. trabalhe com os alunos a criação de marionetes utilizando jornais, arame e barbante e deixam a criatividade de cada um fruir em seus trabalhos.



2ºBIMESTRE - 7ªSÉRIE/8ºANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDOS
A ruptura das tradições nas linguagens artísticas
·         A linguagem da música, paisagem sonora; o rádio como mídia sonora; música produzida pelos Djs
·         A linguagem do happening e da performance; a linguagem do teatro coma tecnologia; a linguagem do teatro-dança
·         A linguagem da capoeira, do hip-hop, do balé clássico, da dança moderna, da dança contemporânea
·         Do chassi para o papel, a tela ou a obra diretamente sobre a parede; do pedestal para o objeto, a instalação e o site specific, o livro de artista; as performances; as obras interativas
·         Processos de criação: intenção criativa, escolha e diálogo com a matéria, repertório pessoal e cultural, imaginação criadora, poética pessoal

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Investigar as linguagens da arte que são inventadas a partir da ruptura de suportes convencionais, lendo e produzindo com suportes não convencionais e imateriais usados no fazer Arte
·         Pesquisar processos de criação pessoal e de artistas, ampliando o conceito de poética e de processo de criação no fazer artístico
·         Ampliar repertórios pessoais e culturais, analisando sua importância em processos de criação nas várias áreas de conhecimento humano

·         Operar com suportes, imagens, idéias e sentimentos por meio da especificidade dos processos de criação em Arte, gerando sua expressão em artes visuais, música, teatro ou dança


A RUPUTA NAS LÍNGUAGENS ARTÍSTICAS

A ideia neste tema é mostrar para os alunos o pensar dos artistas contemporâneos como Marchel Duchamp, o rompimento na arte quebrando a ideia do belo, do perfeito e contemplando a realidade. Professor discorra com detalhes a ideia de Duchamp ao colocar o URINOL (fonte) em um museu, e o choque que causou no publico.


Não necessariamente a arte tem que estar nos museus, a pintura em uma tela, um desenho em um papel.. A ideia de se pensar arte rompeu com os paradigmas conceituais. Um grande exemplo Van Gogh nunca vendeu se quer um quadro, hoje ele é o artista mais caro do mundo, persistiu no conceito que arte para se tornar arte não necessariamente tem que ser perfeita, bela e sim mostrar a essência, contemplando o real o agora.
Professor apresente aos alunos outros suportes, outras possibilidades de materiais, explore outros recursos. No exemplo abaixo utilizei o spray e o azulejo na técnica spray paint.


 



Apresente imagens de obras contemporâneas, deixe o aluno expor sua opinião - o que ele pensa daquilo? crie possibilidades em seu ambiente escolar para montar uma exposição.. dialoguem com o objeto em si. Mostre para o aluno que não necessariamente ele precisa estar em um museu para se relacionar com a arte.




8ª SÉRIE/9º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 
 2º BIMESTRE

CONTEÚDOS
Materialidade e gramática das linguagens artísticas
·         Matéria e significação
·         O corpo como suporte físico na dança e no teatro
·         Cenário; adereços; objetos cênicos; texto
·         Suportes, ferramentas e procedimentos técnicos
·         Elementos básicos da linguagem da dança; música; teatro e artes visuais
·         Temáticas que impulsionam a criação

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Investigar a potência da matéria, dos suportes e procedimentos técnicos nas linguagens da Arte
·         Pesquisar o diálogo entre a intenção criativa, a materialidade e as conexões entre forma-conteúdo
·         Operar com os elementos da forma em Arte, com temáticas e com a materialidade, gerando sua expressão em artes visuais, música, teatro ou dança.
MATERIALIDADE







3º BIMESTRE
CONTEÚDOS
Luz: suporte, ferramenta e matéria pulsante na Arte
·         O claro e o escuro, a sombra e a luz, o foco, a atmosfera e a luz na construção de sentido
·         A luz e a contraluz na dança, no teatro e nas artes visuais
·         A luz e a sombra no teatro de sombras
·         O som em diferentes espaços, estereofonia e gravação bináurea
·         As relações entre luz e cor; a dimensão simbólica da luz e da cor
·         A materialidade da luz nas linguagens artísticas

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Operar a luz como elemento, ferramenta e matéria presente nas diferentes linguagens artísticas
·         Identificar a dimensão simbólica da luz como geradora de sentido e de múltiplas significações na Arte

·         Reconhecer luz e sombra como qualidade estética e expressiva na obra de arte
·         Distinguir a sonoridade provocada por fontes distintas



  

ALUNOS TEATRO DE SOMBRAS


3º BIMESTRE
CONTEÚDOS
O “transformar” matéria em materialidade na arte
·         A apropriação de matéria e ferramentas no fazer arte
·         A produção de instrumentos e a materialidade do timbre
·         A qualidade do movimento do corpo que dança: espaço, tempo, força, ritmo
·         Os objetos do cotidiano; as relações entre matéria, forma simbólica e imaginário poético no teatro de objetos
·         O papel como matéria: colagem, papelagem, papel machê
·         As linguagens da arte: ampliações de referências a partir do diálogo com a materialidade

HABILIDADES
Espera-se que ao completar este bimestre os alunos desenvolvam as seguintes habilidades:
·         Produzir trabalhos partindo de diálogos exploratórios entre matérias, ferramentas e linguagens artísticas
·         Investigar matérias e ferramentas em obras de artistas, de várias modalidades artísticas, em tempos diversos
·         Reconhecer e utilizar a matéria e as ferramentas na construção poética como materialidade da obra de arte
·         Operar com diferentes materialidades, fazendo relações entre forma e imaginário poético



  









2 comentários:

  1. parou porque???? Preciso desse BLOG.............

    ResponderExcluir
  2. Ótimos conteúdos e ideias. Esta me ajudando muito

    ResponderExcluir